10 Medidas para aplicar o RGPD

Conheça as Novidades

10 Medidas para aplicar o RGPD

O RGPD

O Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) entra em vigor já a 25 de Maio. As consequências da não conformidade da sua empresa com o mesmo pode ter consequências graves para a sua empresa, desde a quebra de confiança com os seus parceiros e fornecedores, até implicarem o pagamento de multas até um teto máximo de 20 milhões de euros.

10 medidas para aplicar o RGPD

De forma a acelerar e precaver a implicação das novas regras tenha em atenção 10 medidas:

Informação aos titulares de dados: É necessário rever a informação que fornece aos titulares dos dados, por telefone ou por escrito, no âmbito da recolha de dados, independentemente de esta ser realizada junto do titular ou não.

Exercício dos direitos dos titulares de dados: É necessário fazer uma revisão dos processos internos de garantia do exercício dos direitos dos titulares dos dados, respondendo a novas exigências específicas do regulamento neste domínio quanto à tramitação dos pedidos, em particular aos prazos máximos de resposta. Todo o procedimento deve ser corretamente documentado.

Consentimento dos titulares dos dados: Deve verificar a forma e contextos em que foi obtido o consentimento dos titulares, quando este serve de base legal para o tratamento de dados pessoais. O RGPD amplifica o conceito de consentimento e apresenta novas condições para a sua obtenção, pelo que é necessário apurar se o consentimento obtido pelo responsável pelo tratamento respeita todas as exigências.

Dados Sensíveis: Deve ser feita uma avaliação da natureza dos tratamentos de dados efetuados, com o objetivo de perceber quais os que se podem enquadrar no conceito de dados sensíveis, e por consequência criar condições específicas para o seu tratamento, relativas à legalidade do tratamento, aos diretos ou decisões automatizadas.

Documentação e registo de atividades de tratamento: É aconselhável documentar de forma detalhada todas as atividades relacionadas com o tratamento de dados pessoais, tanto as que resultam diretamente da obrigação de manter um registo como as relativas a outros procedimentos internos, para que a organização seja capaz de demonstrar o cumprimento de todas as obrigações resultantes do RGPD.

Nós implementamos o RGPD na sua empresa

Garanta a conformidade com o RGPD com o nosso serviço de consultoria e implementação.

Não só terá o ERP preparado para cumprir com os novos requisitos legais como terá ainda a possibilidade de ter um serviço de consultoria para garantir que todos os processos da sua empresa estão de acordo com o novo regulamento

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.