Tendências tecnológicas para 2020

Conheça as Novidades

Tendências tecnológicas para 2020

A tecnologia, ano após ano, está cada vez mais presente no desenrolar do negócio das empresas.

Para estarem preparadas para as novas exigências do mercado e para consumidores cada vez mais informados e interessados, poucas são as empresas que não têm no digital e na tecnologia um excelente aliado para comunicar e chegar aos clientes, ou ainda, melhorar a organização interna da própria empresa.

O passado recente mostra-nos que os avanços tecnológicos têm sido notórios, 2020 não vai ser diferente e promete trazer grandes mudanças que deverão obrigar as empresas a adaptarem-se a novas realidades.

A Gartner selecionou 10 tendências tecnológicas, que, apesar de algumas já sejam hoje uma realidade no dia-a-dia das empresas, irão ter uma maior influência na estratégia das organizações.

Os analistas da Gartner utilizaram os seguintes critérios para fazer esta seleção:

  • Potencial de transformação (de um estado emergente, para um estado de alto impacto);
  • Rápido crescimento (alto grau de volatilidade, previsto para os próximos 5 anos).

Destacam-se assim as seguintes tendências:

Hiperautomação

Nos dias que correm a automação é já uma realidade para processos logísticos, de análise e de produção, a verdade é que, em 2020, poderemos assistir à chegada da hiperautomação. Este conceito representa a junção de várias tecnologias emergentes, como a Inteligência Artificial (IA) e o Machine Learning (ML), a tecnologias já existentes, de forma a facilitar a investigação, análise, projeção, medição, monitorização, automatização e reavaliação.

Experiência multiplataforma

Os canais de venda estão cada vez mais diversificados e com utilizadores a interagirem com as empresas das mais variadas formas, caminhamos agora para uma realidade em que o cliente adota uma experiência multiplataforma.

Em 2020, vamos assistir a um crescimento na interação das empresas através de várias plataformas online e offline, ligando-as e oferecendo maior valor na sua oferta.

Democratização de conhecimento

Com a democratização do conhecimento, pretende-se que o “cidadão comum” tenha acesso a um maior número de ferramentas que permitam executar tarefas que hoje em dia estão restritas apenas a especialistas. Para a Gartner até 2023, espera-se um crescimento na descentralização, nas seguintes 4 áreas:

  • Dados e análises – ferramentas direcionadas a cientistas de dados que se expandem para atingir a comunidade de programadores profissionais;
  • Desenvolvimento – ferramentas de Inteligência Artificial para promover aplicações customizadas;
  • Design – Permitir, com pouco código ou sem programação, a automação de funções adicionais de desenvolvimento de aplicações para capacitar os mais programadores mais básicos.
  • Conhecimento – Dar acesso a profissionais, que não são das TI, a ferramentas e sistemas especializados que os capacitem a explorar e aplicar habilidades especializadas, além dos próprios conhecimentos.

Humanos aumentados

Com o crescimento de tecnologias como realidade aumentada, realidade virtual e realidade mista, começa agora a aparecer um novo conceito, chamado de “humano aumentado”. Este é um conceito que apresenta a forma como algumas tecnologias podem ser associadas ao dia a dia do utilizador, de forma a ampliar as suas habilidades e capacidades.

Transparência e segurança de dados

A “transparência e a segurança dos dados” é um dos temas do momento, este será uma tendência que irá manter-se e intensificar-se para 2020.

Regimes jurídicos como o RGPD começam agora a ser aplicados legalmente, permitindo restituir aos utilizadores a decisão sobre a finalidade e posse das suas informações.

Edge Computing

Com o Edge Computing, todo o processamento de informações, coleta e entrega de dados é realizado próximo das fontes, repositórios e consumidores finais, permitindo diminuir a latência e assim aumentar a eficiência dos sistemas. Esta será uma tecnologia especialmente útil em IoT e equipamentos como robots ou drones.

Cloud

Existindo uma necessidade de mobilidade e de aceder aos dados em qualquer lugar, torna-se essencial para as organizações disponibilizarem as suas informações e ferramentas na cloud.

Dispositivos autónomos

Com a intensificação da Inteligência Artificial, vamos assistir à chegada de dispositivos cada vez mais autónomos como robots, drones e carros. Estes tipos de equipamentos irão simplificar alguns processos logísticos e tornar as cadeias de abastecimento mais eficientes. Estes dispositivos serão capazes de se adaptar às diferentes situações e de substituir algumas das tarefas que são hoje exclusivas a humanos.

Blockchain

O Blockchain é uma das tecnologias que tem registado maior crescimento e que poderá representar um grande salto tecnológico no que respeita a segurança e autenticidade dos dados. É uma tecnologia que tem vindo a entrar lentamente no mercado cooperativo, mas que irá permitir melhorar todo o fluxo de informação e torna-lo transparente para qualquer utilizador ou entidade.

Segurança com Inteligência Artificial

Com a tecnologia a ser cada vez mais complexa, também os perigos informáticos têm subido os seus níveis de sofisticação.

Para combater estes perigos, começam a surgir ferramentas de segurança baseadas em Inteligência Artificial que permitem combater estes perigos de forma eficaz, adaptando-se continuamente às rápidas evoluções e mutações dos malwares.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.